A versão internacional de Come On Over já foi publicada no blog, vocês podem conferir clicando aqui. Hoje trago a versão americana, uma contribuição do nosso leitor  William Klisievicz.