Em meados da segunda quinzena do ano 2003, chegou às prateleiras do Brasil o mais inédito trabalho de Rosana, que foi entitulado com seu próprio nome. O álbum, que contém 12 faixas, traz oito canções inéditas ao estilo pop romântico de Rosana e mais quatro regravações, dentre elas uma versão remixada de "Amor e Poder". 

Agradeço ao leitor Digo Dion pela contribuição!