Lançado no dia 30 de Agosto no Brasil, Colours in the Dark é o quarto álbum solo de Tarja Turunen. O nome do álbum, assim como a capa, veio como uma metáfora da ideia de que a vida tem uma grande variedade de cores e a escuridão absorve todas elas. "Victim of Ritual" e "500 Letters" foram respectivamente os dois primeiros singles lançados. 

Durante o processo de composição, Tarja alegou que teve que aprender muito como solista, pelo bem ou pelo mal, e muitas vezes pensou que jamais chegaria a ser o que é hoje, acrescentando também que tinha um monte de experiências positivas e negativas que terminaria neste disco, que é muito rico em cores, sombras e aspectos profundos.

Agradeço a leitora Camila pela contribuição e aos leitores que pediram esse encarte!