Encarte: My Chemical Romance - The Black Parade

Publicado por | 09:30:00 3 Comentários


The Black Parade é o terceiro álbum de estúdio da banda My Chemical Romance, lançado em Outubro de 2006. O álbum conta a história de um homem à beira da morte no hospital, morrendo de cancro (câncer) e recordando a sua vida, iniciando pela época em que era criança, quando o pai o levou em um desfile negro, mas dizem outras fontes também que foi ideia de Gerard que a morte ou ceifeiro da morte nos vinha buscar num desfile negro.

Um fato interessante deste disco é que o vocalista Gerard, descoloriu o cabelo para estar parecido com o personagem principal da narrativa do disco. Existem 4 personagens especiais neste álbum que são:
  • O Paciente (The Patient), que pode ser visto na cama do hospital no videoclip Welcome to The Black Parade.
  • A Mãe Guerra (The Mother War), que pode ser vista no fim do videoclip Welcome to The Black Parade com um vestido antigo e uma máscara de gás.
  • O Medo (The Fear), uma das enfermeiras que aparece no videoclip Welcome to The Black Parade.
  • O Arrependimento (The Regret), outra das enfermeiras que aparece no videoclip Welcome to The Black Parade.
O álbum foi inicialmente chamado "The Rise and Fall of My Chemical Romance", mas foi descartado pelo diretor. Os singles de The Black Parade foram: "Welcome to the Black Parade", "Famous Last Words", "I Don't Love You", "Teenagers" e "Dead!", que inclusive esta última esteve presente no jogo Guitar Hero.








Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

3 Comentários:

Riick disse...

Tenho esse cd, e na minha opinião é um dos melhores qe já vi, repleto de músicas boas, que poderiam se tornar singles, de sucesso! :B

Julie Way disse...

Poxa, faltou o I brought You My Bullets, You Brought Me Your Love, hein? É o primeiro e na minha opinião o mais foda. Também é conceitual, o que é realmente interessante de se comentar. My Chemical é a banda do meu coração. :3

Valeu por passar lá no blog, adorei seu comentário. A primeira tatuagem é sempre a mais importante, porque ela marca o início de uma fase - pelo menos eu vejo assim, não gosto da ideia da banalização da tattoo -. A minha primeira foi um personagem do MCR, se vc olhar na tag tatuagem, lá no meu blog, vai ver minha postagem falando sobre ela, e fotos. Agora ela tem pouco mais de um mês, e a próxima será aquele desenho que você já viu. ^^

O meu conselho é não escolher um desenho bonito, mas um que realmente represente alguma coisa para você. Eu queria alguma coisa que representasse minha banda favorita, sem precisar escrever o nome da banda propriamente. E fiquei extremamente feliz com o resultado!

Bj!

Julie Way disse...

P.S.: esqueci de falar que a minha tatuagem é a personagem da capa do CD =D